Uma coluna na Exame sobre o sonho da Tarrafa

por Fábio Pereira Ribeiro

Sonhar vale a pena. O livreiro santista José Luiz Tahan percebeu que vale a pena sonhar, e ao mesmo tempo ver o seu sonho se realizar através da cultura e da literatura. Da sua pequena e séria editora e livraria Realejo, Zé ou Tahan, colocou a cidade de Santos e o Brasil na lista de festivais internacionais de literatura, mas sempre com um enfoque diferenciado, e até mesmo mais “swingado”. Com o seu Festival Internacional Tarrafa Literária, Tahan integra boa literatura com música, jornalismo, história, artes cênicas e futebol, sem contar o trabalho com as crianças através da “Tarrafinha”.

Criado em 2009, o Festival Internacional Tarrafa Literária é um evento que reúne grandes nomes da literatura nacional e internacional com o intuito de proporcionar debates sobre as principais tendências em literatura, jornalismo, ciência, história, futebol, entre outros temas.

Continue lendo clicando neste link