Sobre o Evento

Muitos perguntam: “Mas o que é tarrafa? Não é uma rede de pesca?” Sim, claro. Mas a nossa é especial. Nestes sete anos de existência, foram dezenas de escritores e milhares de leitores fisgados pela rede da sabedoria descontraída que capturou livros e autores, num alto-mar de informações conectadas que é nosso mundo moderno.

No princípio era o verbo. Mas não qualquer um: o verbo de um livreiro simpático, em uma simpática livraria, que recomendava os verbos impressos em livros dos mais diferentes tipos, que depois evoluíram para livros também de sua editora. Mas a celebração da palavra merecia mais, e um festival nos moldes internacionais se fez carne, osso e mentes trabalhando com alegria e ideais comuns.

Após grande sucesso de público e crítica, mais uma Tarrafa Literária se avizinha. Ao lado da capital, Santos mostra sua vocação de pólo turístico, valendo-se de infraestrutura de primeiro mundo e de um centro histórico que recebe visitantes de todos os cantos e proporciona um sabor original, difícil de ser igualado. E única também é a programação: de futebol a filosofia, de gastronomia a história, de ficção a ciência, todos os temas merecem ser contemplados. A cidade se mobiliza, os aficionados se alvoroçam, os meios de comunicação se aprontam e todos querem mais, mais cultura e mais literatura, com democracia e muita felicidade.

Comentários

  1. sergio merli disse:

    Sou Sergio Merli, ilustrador e autor de livros de literatura infantil. Meus livros são publicados pelas editoras Melhoramentos, SESI-SP e FTD. Pela Editora Melhoramentos, tenho três livros de imagens sobre consumo e meio ambiente. Participo de eventos literários ilustrando em um flip-chart, as histórias que conto para as crianças. Durante as apresentações, falo sobre literatura, ilustração, consumo e meio ambiente. Sou colaborador do projeto Literatura Viva do SESI, projeto que leva autores e ilustradores para bate papos com alunos da rede de escolas do SESI. Já me apresentei como autor convidado na Carulit – Caruaru Literário, em Pernambuco e também na FLU – Festa Literária de Uberaba -MG. Gostaria muito de participar da Tarrafa Literária levando minhas histórias e meus desenhos para este evento. Moro em São Caetano do SUL, pertinho de Santos. Podemos conversar a respeito? Meu site: http://www.merli.com.br e meu blog: http://sergiomerli.blogspot.com.br/2016/01/eventos.html

  2. Evelina disse:

    A Tarrafa Literária já tem data prevista para realização em 2016? Obrigada!

  3. Taciane Couto disse:

    Olá, gostaria de saber se a oficina do dia 26 com o Gonçalo Tavares está confirmada? E em que local ela acontece? Vi no site do SEsc que vai ter uma oficina no dia 25, mas nessa data não posso comparecer. A do dia 26 estáesta na programacao como atividade Gonçalo de duas as três, ė isso mesmo?

  4. marcello bueno blanc disse:

    Parabéns aos organizadores, com certeza o evento todo será um sucesso. Aproveito para comunicar que há alguns erros no site da Tarrafa: faltou o endereço do Teatro Guarany, quem é de fora como eu não conhece; faltou publicar o perfil, realmente perfil, com currículo e/ou histórico dos autores e mediadores. Ao clicar “Ver Perfil” aparece a mesa em que ele(a) participará, portanto a denominação perfil é utilizada incorretamente.

  5. Taciane Aparecida Couto disse:

    Olá, Gostaria de saber como faço para participar da oficina que será ministrada pelo Gonçalo Tavares?
    Obrigada!

  6. Valentine Kasin disse:

    Apenas UMA mulher em 35 palestrantes? Jura?

    • Prezada Valentine,
      Sua observação é procedente e, também nossa preocupação. A curadoria do festival pondera diversos fatores na escolha dos convidados.
      A programação ainda não está fechada.
      Temos grandes nomes na programação. Participe das mesas nos dias do evento. Aproveite para desfrutar da cidade que está cada dia mais maravilhosa.
      Ficamos em contato e agradecemos sempre que estejam acompanhando a nossa programação.

  7. Cristina Lasaitis disse:

    Peço desculpas, errei a conta. Apenas uma escritora dentre 35 palestrantes. É menos de 3% de participação feminina.

  8. Camila Fernandes disse:

    Olá! Fiquei encantada em saber que há um evento literário na linda Santos, cidade onde moro há pouco tempo e que aprendi a amar facilmente. Isso só torna Santos ainda mais encantadora.

    Agora, uma coisa chama a atenção e merece questionamento: são 3 dias de evento, 35 palestrantes e, entre eles, só UMA mulher?

    Por quê?

    • Olá, Camila.
      Realmente. Santos é uma cidade maravilhosa. O festival avança para promover a cultura na Baixada Santista e em todo o Brasil.
      Teremos mais mulheres na programação do festival. Estamos aos poucos revelando as atrações.
      Ficamos em contato e agradecemos sempre que estejam acompanhando a nossa programação.

  9. Cristina Lasaitis disse:

    Olá, o evento parece ser muito interessante. Não duvido da qualidade dos autores que estarão presentes, mas apenas gostaria de perguntar por que a presença de escritoras nas mesas é menor do que 5%? Vocês não acham que tem algo errado com uma desproporção tão grande?

    • Prezada Cristina,
      Sua observação é procedente e também, nossa preocupação. A curadoria do festival pondera diversos fatores na escolha dos convidados.
      Teremos mais mulheres na programação do festival. Estamos aos poucos revelando as atrações.
      Ficamos em contato e agradecemos sempre que estejam acompanhando a nossa programação.

  10. Charlie disse:

    Olá. Eu acabei de lançar meu primeiro romance e gostaria de saber como posso participar ou se ainda há vagas para palestrar. Sou do Guarujá do lado de Santos e gostaria muito de participar.

  11. beto brito disse:

    Prezados(as):
    Sou Cordelista, cantor e compositor, Oficineiro de Literatura de cordel e shows de cultura popular;
    Participamos em 2014 na 23ª Bienal Iternacional de São Paulo com Estande próprio, onde fizemos
    o Lançamento do nosso “Cordel Universal – a métrica perfeita”.
    Temos 15 anos de carreira, dois livros, Capítulos I e II do Bazófias, o maior cordel do mundo, oito discos lançados e mais de quarenta codéis escritos e editados;
    -Membro da Academia Brasileira de Cordel;
    -Show e Oficinas em vários Estados do Brasil e países da Europa (França, Bélgica e Portugal)

    Se for do interesse dos senhores , terei o maior prazer em lhes enviar nossos livros, cordéis e discos, para uma eventual curadoria sobre uma Oficina de Cordel e um Pocket-show, onde abordaremos as técnicas para se escrever um Cordel com a Métrica Perfeita.

    alguns links:
    https://www.youtube.com/watch?v=y0qseyZXeU4 (Especial Globo Nordeste)
    https://www.youtube.com/watch?v=jkd_jL1naKE (Zé Limeira, meu poeta)
    https://www.youtube.com/watch?v=DaDSYr9VkY0 (Cordel, O Homem que Vendia Chuva)

    Grande abraço

    http://www.betobrito.com

    Cordialmente
    Beto Brito

  12. Carmen Lucia Campos disse:

    Acabo de ler sobre o Prêmio Mindlin voltado para leitores. Belíssima iniciativa. Onde posso ter acesso ao regulamento? Trabalho com crianças e jovens em uma ONG paulistana, incentivando o hábito da leitura, e pretendo incentivá-los a participar do concurso. Um abraço. Carmen.

  13. Heloísa de Araújo Duarte Valente disse:

    Costumo dizer e repito: José Luiz Tahan é o secretário-honorário da cultura de Santos! A Tarrafa tornou-se um evento de destaque no cenário nacional e mostra uma face vibrante da cidade. Isso prova não apenas o empreendedorismo deste jovem agitador cultural como o (ainda) existente grupo de intelectuais residentes na cidade.
    Bravíssimo! Viva! Vida longa à Tarrafa!

  14. Marnu Nunes disse:

    Nossa, essa rede vem cheia este ano hein! Parabens
    O mar vai estar pra peixinhos e peixões!

    E como todo ano de tarrafa, eu vou lá pescar o meu.

    Gde abraço

  15. Maxi disse:

    Eu escrevi mais de 50 textos em forma de rimas enigmáticas abordando temas como: Cinema, Literatura, Atores, Atrizes, Escritores e Escritoras e outros de conotação reflexiva. Eu gostaria de saber como posso transformar esse material em um livro de enigmas ? O que eu preciso de imediato ?

  16. Rodrigo Garcia Lopes disse:

    Olá,
    Meu nome é Rodrigo Garcia Lopes, sou poeta, compositor, tradutor e acabo de lançar meu primeiro romance policial, O Trovador (pela Record). Gostaria de saber da possibilidade de participar do evento no ano que vem. No site http://www.rgarcialopes.wix.com/site há bastante material sobre meu trabalho.
    Parabéns!
    Um abraço,

    Rodrigo Garcia Lopes

  17. Mariana disse:

    Olá, meu nome é Mariana, sou estudante de jornalismo e gostaria de saber se será disponibilizado algum certificado de participação do evento, caso queira protocolar como atividade complementar na minha universidade.
    Obrigada desde já.

  18. Fernando Azevedo disse:

    Um grande evento pela frente.


Deixe uma resposta para Rodrigo Garcia Lopes Cancelar resposta